Notícia 036

BRT é Campeão de Futebol de Robôs no Japão

Conforme divulgado anteriormente, a equipe de futebol de robôs da Uneb - Bahia Robotics Team (BRT) - participou no período de 1o a 4 de maio de 2010 da RoboCup Japan Open. Este evento é a principal competição científica de robótica inteligente do Japão. O BRT/UNEB representou o Brasil no evento na modalidade futebol de robôs - Realidade Mista. Em 2009, o BRT conquistou o vice-campeonato no evento. Perseguindo o podium dessa importante competição o BRT trabalhou exaustivamente e evoluiu, logrando a conquista do título inédito no mundo para uma equipe não japonesa, de campeão japonês de futebol de robôs modalidade Realidade Mista no certame de 2010.

O evento foi realizado em Osaka no Japão. A participação do BRT foi na modalidade remota. Funciona da seguinte maneira: os pesquisadores e estudantes do ACSO preparam o código binário dos programas que controlam os robôs durante a partida de futebol de robôs e enviam para os organizadores do evento pela internet. Na hora das partidas, alguém da organização coloca os programas enviados em operação e eles irão controlar os robôs durante o jogo.

Neste ano, quatro equipes participaram na rodada final desta modalidade, as 3 equipes finalistas do Japão (SOCIO, Fukui United e Tatsunootoshigo) e a equipe BahiaMR do BRT/UNEB representando o Brasil, que foi convidado por ter sido vice-campeã na edição anterior da competição. A campanha do BahiaMR na primeira fase foi a seguinte:

  • BahiaMR 3x0 SOCIO
  • BahiaMR 3x0 Fukui United
  • BahiaMR 8x0 Tatsunootoshigo

Nas semifinais, o BahiaMR enfrentou o Tatsunoothoshigo e venceu por 1x0. Na grande final, o placar foi BahiaMR 2x1 Fukui United e o BRT sagrou-se campeão da RoboCup Japan Open 2010.

O site oficial com os resultados está disponível aqui.

Caminho Rumo ao Mundial

O Japan Open foi a última competição de preparação antes do mundial da RoboCup que acontecerá em junho em Cingapura. A equipe BahiaMR que foi vice-campeã no Irã e agora campeã no Japão vem se preparando e evoluindo com boas chances de fazer um bom papel no mundial que se aproxima.

Desde que a equipe retornou do Mundial de 2009 em Graz, trazendo o inédito terceiro lugar para o Brasil, a preparação visando o mundial de Cingapura tem sido árdua. Os pesquisadores e estudantes da Uneb vêm trabalhando incansavelmente para melhorar a equipe, aplicando as mais avançadas técnicas de inteligência artifical e buscando avançar no estado da arte desta área.

Esperamos que os resultados das pesquisas em andamento sejam promissores e possam resultar num título mundial que seria um resultado inédito para o Brasil em toda a história da RoboCup.

Atualmente os projetos do ACSO estão concentrados nas áreas de planejamento multiagentes, navegação de robôs, tomada de decisão para execução de habilidades específicas como passe, chute a gol, dentre outras. O BahiaMR vem sendo desenvolvido pelos estudantes Ayran Cruz, Fagner Moura, Flávio Sapucaia, Juliana Reichow e Murilo Reis sob a orientação dos professores Marco Simões, Diego Frias e Josemar Souza.

Além da preparação da equipe, uma parte considerável dos softwares que viabilizam a execução da competição foi desenvolvida no ACSO e alguns dos nossos softwares, como por exemplo o MR-SoccerServer e o MR-Simulator, estão sendo utilizados por diversas equipes mundo afora. Em função disto, o suporte remoto fornecido através de videoconferência e e-mail pelos membros do grupo foi fundamental para que os japoneses conseguissem realizar a competição. Além dos estudantes já citados, o suporte fornecido pelo bolsista José Grimaldo da Silva Filho - membro do comitê técnico internacional da modalidade Realidade Mista - foi essencial para que a competição pudesse ser realizada no Japão.

Agradecimentos

No momento de conquistas importantes, é essencial agradecer a todos que apoiam este projeto. O ACSO agradece ao apoio fundamental do CNPq, FAPESB e Uneb através dos respectivos programas de bolsas de iniciação científica. Agradecemos também ao Magnífico Reitor Lourisvaldo Valentim e toda a sua equipe de gabinete pelo inestimável apoio dado ao projeto desde o seu início. Por fim, ficam os agradecimentos à empresa Facil Computadores, a mais nova parceira do BRT que contribuiu com recursos de P&D para a realização de projetos de robótica autônoma inteligente do ACSO.

Para maiores detalhes sobre os projetos o futebol de robôs, RoboCup e o BRT consulte o site do BRT.