Notícia 103:

Equipe da Uneb parte para o Rio Grande do Sul em busca do Heptacampeonato Nacional em Robótica e Inteligência Artificial

Nesta segunda-feira, 21/10/2019, a delegação de estudantes e pesquisadores do ACSO viaja para a cidade de Rio Grande-RS, para representar a Uneb através da equipe Bahia Robotics Team (BahiaRT) na Competição Brasileira e Latino Americana de Robótica (LARC/CBR). Este é o maior evento de Robótica e Inteligência Artificial da América Latina contando com mais de 1.500 participantes entre pesquisadores e estudantes. Será sediado pela Universidade Federal do Rio Grande (FURG), de 22 a 26 de outubro de 2019 em Rio Grande, RS, Brasil.

A equipe BahiaRT é a atual HEXACAMPEÃ NACIONAL e PENTACAMPEÃ LATINO-AMERICANA na modalidade Futebol de Robôs Simulados 3D. Este desafio científico representa uma classe de problemas para sistemas multi-robôs em seu estado da arte. Domínios como veículos autônomos, robôs autônomos para operação e gestão de estoque em larga escala, logística de entrega de produtos, drones para inspeção e vigilância, nano-robôs autônomos aplicados à medicina entre outros são representados através do desafio de Futebol de Robôs Simulados.


Estudantes do ACSO trabalharam durante meses para preparar o BahiaRT para tentar a conquista do Heptacampeonato nacional.

Através do BahiaRT, o ACSO consegue colocar os estudantes e pesquisadores da Uneb em contato com o que há de mais avançado no mundo em pesquisa científica nas áreas de robótica e inteligência artificial. Na últimas semanas ajustes foram feitos no sistema de navegação (planejamento de trajetórias) dos robôs autônomos e preparação do ambiente de suporte a jogadas colaborativas que poderá ser testado pela primeira vez durante a LARC/CBR 2019.

Ele voltou

No outro desafio que o BahiaRT disputará em Rio Grande - a RoboCup@Home - o problema posto é criar um robô de serviços autônomo com capacidade para atuar num ambiente residencial servindo aos seres humanos com interação em linguagem natural. O BahiaRT representa o ACSO nesta modalidade através do robô BILL desde 2015. Em 2013, o BahiaRT foi o primeiro campeão brasileiro desta modalidade com outro robô antecessor de BILL. BILL já trouxe para o BahiaRT dois vice-campeonatos nacionais e um terceiro lugar neste desafio.


Equipe BahiaRT trabalhou por mais de um ano na reengenharia de BILL para retornar às competições.

Há dois anos, todo o software de controle autônomo de BILL está passando por um processo de re-engenharia para viabilizar o avanço nas pesquisas. Este processo levou a ausência de BILL nas competições no ano de 2018. Mas agora, ELE VOLTOU !!!!. BILL está de volta às competições com novo sistema de navegação pronto para tentar brigar por uma posição de destaque na competição e, em breve, voltar a disputar o título nacional da categoria.


O robô BILL pronto para embarcar para o Rio Grande do Sul para defender o BahiaRT.

Através das pesquisas validadas com o robô BILL, estudantes e pesquisadores do ACSO podem trabalhar com reconhecimento facial, reconhecimento e manipulação de objetos, visão computacional, navegação e controle de robôs móveis autônomos, processamento de linguagem natural e raciocínio automatizado.

BILL é o protótipo de um robô que em poucos anos estará habitando muitas residências ao redor do mundo, realizando tarefas que os humanos não desejam mais fazer obrigatoriamente como lavar louças, limpeza de casa, ir ao supermercado, cozinhar, servir convidados, entre outras.

Acompanhe e Apoie o BahiaRT

Durante a competição, continuaremos atualizando notícias, fotos, videos e nas nossas redes sociais no Facebook, Twitter, Instagram e nosso canal no YouTube. Se as condições de internet no local do evento permitirem, faremos alguns live streaming de jogos do futebol de robôs simulados e provas da RoboCup@Home.

Agradecemos à Universidade do Estado da Bahia, em especial o Departamento de Ciências Exatas e da Terra I, pelo financiamento parcial desta empreitada. Infelizmente, não foi possível levar a delegação completa, somente alguns estudantes e pesquisadores estão indo ao Rio Grande. Parte do grupo ficará em Salvador dando suporte e apoio remoto, mesmo com o prejuízo científico causado por esta redução na delegação.

Agradecemos ainda à todos aqueles que contribuíram na nossa campanha de financiamento coletivo para financiar esta empreitada. Após o custeio parcial da Universidade, ainda resta um saldo de despesas a custear. Quem quiser contribuir para quitar este saldo até o final da competição, ainda poderá fazê-lo através de: http://bit.ly/BahiaRTnaLARC2019

BahiaRT é uma iniciativa pessoal de pesquisadores e estudantes do ACSO para conseguir validar na prática os resultados dos projetos científicos desenvolvidos no núcleo de pesquisa.