Notícia 070:

BahiaRT conquista qualificação para a Copa do Mundo de Robótica: RoboCup 2016

Na última semana saiu o resultado da qualificação para a Copa do Mundo de Robótica - RoboCup 2016 - que será realizada em Leipzig, Alemanha.

A equipe Bahia Robotics Team (BahiaRT) - representante do ACSO nas competições científicas de robótica - conquistou a qualificação nas duas categorias em que se candidatou: Futebol de Robôs Simulados 3D (Simulação 3D) e Robôs de Serviços (RoboCup@Home).


BahiaRT representará o Brasil na Alemanha.

O processo de qualificação da RoboCup leva em consideração as contribuições recentes da equipe para a comunidade científica RoboCup, os últimos resultados e publicações científicas e o desempenho atual do time para selecionar os melhores dentre as centenas de times ao redor do planeta que se candidatam a participar do mundial. Mais uma vez o BahiaRT obteve 100% no processo de qualificação.

A RoboCup

A RoboCup é uma iniciativa internacional que visa promover a pequisa científica em inteligência artificial e robótica. Para esta finalidade, organiza desde 1997 uma competição mundial itinerante onde cientistas e estudantes de todo o mundo se encontram para testar e comparar seus robôs em desafios diversos.

O principal desafio que deu origem a iniciativa é o futebol de robôs. A meta da RoboCup é conseguir construir um time de robôs humanoides capazes de derrotar a seleção de humanos campeã do mundo até meados do século XXI. Este desafio foi escolhido porque reúne as mesmas características dos principais problemas reais que precisam ser solucionados para termos robôs servindo à humanidade de forma semelhante à prevista nos textos e filmes de ficção científica. Tem a vantagem de ter custos e riscos reduzidos quando comparado aos problemas reais e por este motivo é tido como um desafio padrão para a robótica inteligente neste século.

Outro desafio que vem ganhando muito destaque na RoboCup é o de robôs de serviços. Neste desafio robôs precisam interagir com humanos em linguagem natural e ambientes usuais ao ser humano como uma residência típica. O principal foco deste desafio está na interação entre robôs e humanos e na integração dos robôs ao habitat natural dos humanos.

Simulação 3D

Nesta categoria, o BahiaRT é a melhor equipe da América Latina. É o atual tricampeão brasileiro e bicampeão latino-americano. Além destes títulos é a equipe brasileira com melhor desempenho nas duas últimas edições mundiais da RoboCup dentre todas as categorias senior. Ficou com o quinto lugar em 2014 no mundial disputado em João Pessoa no Brasil e em quarto lugar em 2015 no mundial de Hefei na China.


BahiaRT é Tricampeão Brasileiro e Bicampeão Latino-americano em Futebol de Robôs Simulação 3D.

Nesta categoria não são usados robôs reais. Os robôs são simulados em um ambiente computacional distribuído. Nesta modalidade é possível testar modelos inovadores de robôs humanoides e validar algoritmos e inteligencia artificial de última geração. Nesta modalidade costuma-se dizer que estamos programando os robôs que existirão daqui há 5 anos. Por isto é uma categoria que está sempre alinhada com o que há de mais inovador em termos de robótica inteligente.

A equipe BahiaRT está trabalhando na otimização de seus movimentos básicos como: condução de bola, chutes de diversos tipos, levantar. Também estão sendo desenvolvidas estratégias de inteligência artificial de alto nível como passes e marcação de oponentes, permitindo a criação de jogadas ensaiadas e planos de jogo mais sofisticados.

Demonstração das principais habilidades e melhores momentos do BahiaRT nos últimos mundiais.

No último mundial, o BahiaRT chegou até às semifinais da competição. Para 2016, a expectativa é ir um passo além e chegar até a grande final e sonhar com um inédito título mundial para o Brasil.

RoboCup@Home

Nesta modalidade, o BahiaRT conquistou o vice-campeonato latino-americano nos últimos dois anos. No mundial de 2015, o BahiaRT foi uma das duas equipes brasileiras responsáveis por fazer a estréia do país em mundiais desta categoria. Para completar, foi a melhor equipe brasileira no mundial de estréia, ficando com a décima terceira colocação.


Robô BILL representará BahiaRT na Alemanha.

Nesta modalidade, os robôs são desafiados a conviver num ambiente natural aos seres humanos. Em particular, é utilizada uma casa típica (com salas, quartos, cozinha, etc) onde os robôs devem conviver com humanos, obedecendo-os e prestando serviços aos mesmos. Além de deslocar-se pelo ambiente sem gerar colisões ou acidentes, os robôs devem ser capazes de reconhecer o seu dono e segui-lo aonde for. Também devem ser capazes de obedecer ordens como reconhecer e pegar objetos, servir convidados, prestar assistência em casos de urgência, cozinhar, entre outras habilidades.

O robô BILL representa o BahiaRT nesta modalidade. Neste ano o robô ganhou um nova base e teve seu software completamente reprojetado para superar o desempenho do ano anterior. A grande meta no mundial é classificar para a fase final entre os dez melhores robôs do mundo na categoria.

Video de Qualificação demonstra principais habilidades do robô BILL que garantiu a vaga do BahiaRT na RoboCup@Home.

A equipe BahiaRT tem como orientadores os professores Marco Simões, Josemar Rodrigues de Souza e Diego Frias. A equipe é formada pelos estudantes Adailton Cerqueira Jr, Claudia Elizabete Ramos, Emmanuel Argollo, Sergio Souza Jr., Ramon Mercês, Ricardo Matos, José Diogo Carneiro, Mateus Santos, Paulo Anselmo de Oliveira e Wellington Santos.

O ACSO agradece às agências de fomento Fapesb e CNPq pelo financiamento parcial dos projetos que integram a inciativa BahiaRT. E por fim, três agradecimentos especiais.

O primeiro agradecimento vai para o Prof. Daniel Cerqueira Góes que através de sua excelente gestão como diretor do Departamento de Ciências Exatas e da Terra - Campus I - garantiu a continuidade destes projetos com resultados e sucesso cada vez maiores.

O segundo agradecimento vai para o Magnífico Reitor José Bites de Carvalho e à Vice-reitora Carla Liane pelo forte apoio institucional dado às iniciativas científicas deste grupo.

Por último agradecemos ao empenho de toda a equipe tecnico-administrativa do DCET-I, Reitoria e Pró-Reitorias responsáveis por garantir a ida da eqiupe Unebiana até a Alemanha para continuar representando bem nossa Universdiade, nosso Estado e nosso País.

Para ficar atualizado com as notícias do BahiaRT, curta nossa página no Facebook, inscreva-se no nosso canal no Youtube e acesse nossa página.