Notícia 037

Brasil chega às semifinais da Copa do Mundo

Se não deu para a seleção de Dunga, o Bahia Robotics Team (BRT) - equipe de robótica da Uneb - levou o Brasil às semifinais. Não na Copa da África, mas na outra copa: a RoboCup 2010 em Cingapura.

Disputada no período de 19 a 25 de junho de 2010, a competição é composta de três grandes desafios: RoboCup Soccer (futebol de robôs), RoboCup Rescue (robôs de apoio ao resgate de vítimas de desastres) e RoboCup@Home (robôs para automação doméstica).

Desde 1997, a RoboCup é disputada anualmente com sede intinerante ao redor do planeta. É considerado o principal desafio atual para a robótica e a inteligência artificial. Durante o evento, teoria e prática se encontram. Em diversas modalidades distintas, equipes de mais de 40 países colocam seus robôs para competir entre si. Além disto, os principais resultados científicos que suportam a implementação dos times são apresentados num Simpósio Científico. A grande meta dos milhares de pesquisadores e estudantes envolvidos na inciativa RoboCup é desenvolver uma equipe de robôs humanóides autônomos capaz de vencer a seleção humana de futebol campeã do mundo até 2050.

Participação Brasileira

Em 2010, o Brasil foi representado nesta copa do mundo em quatro modalidades de futebol de robôs. Na modalidade de robôs de pequeno porte (Small Size League), a equipe RoboFEI do Centro Universitário da FEI (SP) obteve a qualificação pelo segundo ano consecutivo para ir ao mundial. Em Cingapura, a equipe paulista conseguiu um empate em 0x0 e foi derrotada nas demais partidas sendo eliminada na primeira fase do mundial.

A Uneb foi a instituição brasileira com maior representatividade no mundial com três equipes do BRT presentes. Nas modalidades Simulação 2D (equipe Bahia2D) e Simulação 3D (equipe Bahia3D) o destino brasileiro foi semelhante aos paulistas da FEI com eliminação na fase de grupos.


Robôs do BRT prontos para defender o Brasil no mundial.

Brasil nas Semifinais

Na modalidade Realidade Mista (Mixed Reality), a equipe BahiaMR fez bonito e terminou a fase de grupos em terceiro lugar, garantindo vaga nas semifinais. Na fase de grupos, aconteceram 28 jogos reunindo equipes brasileiras, alemãs, iranianas, portuguesas e japonesas.

A seguir a campanha do BahiaMR na primeira fase:

  • BahiaMR 13 x 3 FC Portugal
  • BahiaMR 10 x 4 Osna-Be! (Alemanha)
  • BahiaMR 1 x 4 WF Wolves (Alemanha)
  • BahiaMR 1 x 3 MRL (Irã)
  • BahiaMR 9 x 3 Northern Stars (Alemanha)
  • BahiaMR 2 x 1 Tatsunootoshigo (Japão)
  • BahiaMR 0 x 10 RT-Lions (Alemanha)

Nas semifinais, uma partida extremamente disputada entre o BahiaMR e os alemães do RT-Lions teve o primeiro tempo terminado em 0x0. No segundo tempo, os robôs dos alemães conseguiram dois gols e foram às finais.


Robôs do BRT em ação conquistando o quarto lugar para o Brasil.

O BahiaMR ainda enfrentou a equipe iraniana MRL pela decisão do terceiro lugar e foi derrotado por 3x0 restando o quarto lugar aos brasileiros.

Este foi o melhor resultado brasileiro no mundial deste ano e manteve a equipe BahiaMR entre as melhores desta modalidade (em 2009 o BahiaMR ficou em terceiro lugar). Os resultados completos da competição realidade mista estão disponíveis no site do evento.


Delegação do BRT em Cingapura, da esq. para a dir.: Juliana Reichow, Bruno Silva, José Grimaldo Filho, Marco Simões, Adailton Junior, Fagner Pimentel, Adriano Veiga e Josemar Souza.

Representatividade Brasileira

A cada ano, as equipes de cada modalidade da RoboCup elegem comitês organizador (OC) e técnico (TC) para o mundial do ano seguinte. Em 2010, o Prof. Marco Simões da Uneb e o estudante egresso da Uneb José Grimaldo Filho fizeram parte respectivamente do OC e do TC da modalidade Realidade Mista.


Juliana e Fagner integrarão os comitês organizador e técnico da Competição Realidade Mista para a RoboCup 2011.

Em Cingapura, a votação para o OC e TC da Realidade Mista em 2011 resultou na eleição dos estudantes da Uneb Juliana Reichow para OC e Fagner Pimentel para TC. É um reconhecimento da comunidade científica internacional das relevantes contribuições prestadas pela Uneb através das pesquisas desenvolvidas pelo ACSO.


Todos os integrantes das equipes que disputaram a competição Realidade Mista em Cingapura.

Simpósio RoboCup

A Uneb também esteve representada no Simpósio RoboCup com a apresentação oral do artigo MR-Simulator: A Simulator for sub-league Mixed Reality of Robocup de autoria do estudante Fagner Pimentel e dos professores Marco Simões, Josemar Souza e Diego Frias. Dentre mais de 100 submissões, apenas 22 artigos foram aceitos para apresentação oral. Apenas 2 artigos brasileiros estavam entre os 22 e um é o da Uneb.


Início da apresentação do trabalho do ACSO em Cingapura.

Além da apresentação realizada pelo estudante Fagner Pimentel na Universidade Politécnica de Cingapura, o artigo foi publicado nos anais do simpósio e será publicado em 2011 em um períodico da série Lecture Note in Artificial Intelligence (LNAI) da conceituada editora Springer-Verlag.


Fagner apresentando no Simpósio em Cingapura.

Para o estudante Fagner, foi uma oportunidade única proporcionada pela Uneb de realizar uma apresentação em alto nível numa comunidade internacional e discutir os resultados do seu trabalho com pesquisadores de diversas partes do mundo. Este é um claro exemplo, da formação diferenciada que as atividades de pesquisa oferecidas pelo ACSO podem proporcionar para os alunos da Uneb.

Conquistas e Próximos desafios

Criada em 2006, a iniciativa Bahia Robotics Team (BRT) do grupo de pesquisa ACSO (Núcleo de Arquitetura de Computadores e Sistemas Operacionais) da Uneb possui uma história já vitoriosa para o pouco tempo de vida. Segue uma relação das principais conquistas:

  • 2007 - Campeão Brasileiro - Modalidade Realidade Mista. Terceiro Lugar Brasileiro - Modalidade Simulação 2D.
  • 2008 - Campeão Latino Americano e Brasileiro - Modalidade Realidade Mista. Vice-campeão Latino Americano e Brasileiro - Modalidade Simulação 2D. Vice-campeão Alemão (German Open 2008) - modalidade Realidade Mista.
  • 2009 - Terceiro Lugar Mundial - Modalidade Realidade Mista. Terceiro Lugar Brasileiro - Modalidade Simulação 2D. Vice-campeão Japonês (Japan Open 2009) - Modalidade Realidade Mista.
  • 2010 - Vice-campeão Iraniano (Iran Open 2010) - Modalidade Realidade Mista. Campeão Japonês (Japan Open 2010) - Modalidade Realidade Mista.
  • Simulação 2D - Qualificado para o Mundial em 2007, 2009 e 2010.
  • Simulação 3D - Qualificado para o Mundial em 2009 e 2010.
  • Realidade Mista - Qualificado para o Mundial em 2007, 2008, 2009 e 2010.

Todos os troféus conquistados pelo BRT.

Ainda em 2010, novos desafios serão enfrentados pelo BRT. De 23 a 28 de outubro, o BRT participará da Competição Latino Americana de Robótica. O evento decide os campeões latino americano e brasileiro das diversas modalidades. Além das 3 modalidades em que o BRT vem participando do mundial, estreará uma nova equipe CRT-BRT na modalidade IEEE Livre. Esta equipe será desenvolvida em parceria com o Senai Cimatec. Nesta modalidade, o desafio é diferente daqueles apresentados na RoboCup. Para 2010, será um desafio de logística em que robôs autônomos precisam mover cargas para locais específicos segundo algumas regras de seleção e ordenação. É um desafio mais simples que aqueles da RoboCup do ponto de vista de Inteligência Artificial, mas permitirá a equipe do BRT ter um primeiro contato com robôs de maior porte e modalidades 100% físicas. Isto permitirá ao grupo do BRT iniciar o trabalho visando categorias de maior porte da RoboCup como Futebol de Robôs Humanóides, RoboCup@Home entre outras.


Organização da RoboCup 2010 passa a bandeira da RoboCup para a organização da RoboCup 2011 em Istambul.

Depois do Latino/Brasileiro em outubro, as atenções se voltarão para tentar novamente a qualificação para a copa do mundo RoboCup 2011 que acontecerá de 4 a 10 de julho de 2011 em Istambul, Turquia.

Agradecimentos

O ACSO agradece a todos que apoiaram mais um ano bem sucedido de participações do BRT na RoboCup. Ao Magnífico Reitor Lourisvaldo Valentim e toda a equipe do gabinete do Reitor, agradecemos pelo apoio contínuo a esta destacada iniciativa de pesquisa que coloca a Uneb em posição de destaque no Brasil e no mundo. À Diretora do DCET-1, Profa Marta Valéria Andrade, agradecemos por todo o apoio acadêmico e administrativo fornecido ao ACSO para o desenvolvimento da iniciativa BRT. Aos órgãos e programas que apoiam nossos estudantes com bolsas de iniciação científica, fica nosso agradecimento: PICIN/Uneb, IC/FAPESB e PIBIC/CNPq. Ao programa PROFORTE/Uneb pelo financiamento parcial do projeto no período 2009/2010. À Facil Computadores agradecemos pelos investimentos de P&D realizados no nosso projeto. Ao BiLab agradecemos pelo suporte nas atividades de manutenção e design de hardware de micro-robôs para a Realidade Mista. Por fim agradecemos ao Prof. Silvio Meira e o portal TERRA pela cobertura que fizeram da participação brasileira e, em particular do BRT, durante a RoboCup em Cingapura. Esta cobertura pode ser conferida nos posts a seguir:

Para maiores detalhes sobre os projetos de futebol de robôs, RoboCup e o BRT consulte o site do BRT.