Notícia 019

ACSO/UNEB qualifica-se pelo terceiro ano consecutivo para a RoboCup

Após a participação em 2007 em Atlanta, EUA, em 2008 em Suzhou, China, agora o Bahia Robotics Team(BRT) irá para a RoboCup 2009 em Graz, Áustria de 29 de junho a 5 de julho de 2009.

Foi divulgado hoje (02/03/2009) o resultado da etapa de qualificação para a RoboCup 2009. O BRT qualificou-se em duas modalidades: Futebol de Robôs Simulado 2D e Futebol de Robôs Simulado 3D. Nas duas categorias, a equipe unebiana é a única representante brasileira. A lista de times qualificados pode ser conferida no site do evento.

Para qualificar-se é preciso testar a qualidade do time e das pesquisas científicas realizadas pelo grupo com os demais candidatos. Apenas os melhores são selecionados para ir ao mundial. Em 2009, a Uneb estará representada pelas equipes Bahia2D e Bahia3D.

Das instituições brasileiras, além da UNEB, apenas o ITA-SP já conquistou a participação durante 3 anos consecutivos (2006-2008) na maior competição mundial de robótica inteligente.

A RoboCup

A RoboCup é um evento anual que mistura um simpósio científico e competições de futebol de robôs, robôs de resgate e robôs de serviços domésticos. Realizado desde 1997 pela RoboCup Federation, tem como grande meta construir até 2050 um time de robôs humanóides capazes de vencer uma partida de futebol contra o campeão do mundo da Copa de futebol de humanos.

A meta ambiciosa envolve uma série de pesquisas avançadas em áreas como inteligência artificial, visão computacional e engenharias. Atualmente a RoboCup é dividida em diversas ligas e algumas destas em subligas.

O BRT qualificou-se para duas subligas da liga Simulação. Nesta liga, não são usados robôs reais. Os robôs são simulados através de um software e disputam partidas de futebol. Apesar da ausência dos robôs reais, é nesta liga que encontram-se os maiores avanços na área de inteligência artificial. Os benefícios da simulação permitem que esta seja a única liga da RoboCup onde podemos ter equipes formadas por 11 robôs disputando partidas de futebol. Isto favorece o desenvolvimento de questões táticas e de inteligência coletiva que são mais escassas nas ligas que atuam com 5 ou menos robôs em cada time. A figura 1 exibe os troféus nacionais e continentais já conquistados pelo BRT.

Attach:trofeus2008-2.jpg Δ | Figura 1: Foto dos troféus de campeão brasileiro, campeão latino-americano, vice-campeão latino-americano e 3o lugar brasileiro conquistados pelas equipes do BRT em 2007 e 2008.

O Bahia2D

O Bahia2D foi a primeira equipe de futebol de robôs do ACSO. Criado em agosto de 2006 já conquistou o 3o lugar na RoboCup Brasil 2007 e o vice-campeonato da RoboCup Latino Americana 2008. Obteve, ainda, a qualificação para a RoboCup 2007 em Atlanta durante a primeira experiência internacional da equipe BRT.

Nesta modalidade, times formados por 11 robôs simulados disputam um torneio de futebol. Para qualificar-se para a o mundial, as equipes enfrentam-se em um torneio eliminatório e submetem artigos técnicos descrevendo os projetos de pesquisa que estão desenvolvendo. De um total de 31 equipes, 16 qualificaram-se incluindo o Bahia2D. Outras quatro vagas foram concedidas a um time do país anfitrião (Áustria) e aos três melhores colocados nesta liga no mundial RoboCup 2008.

As imagens a seguir ilustram uma sequência de um gol do Bahia2D em uma das partidas do torneio de qualificação. Como pode ser observado, esta liga caracteriza-se por simular um ambiente bidimensional, onde os robôs são representados por círculos quando vistos de cima. Estes robôs possuem rodas, dispositivos de chute e drible, além de uma câmera embarcada para o sensoriamento visual. A Liga Simulação 2D é uma das mais antigas e disputadas da RoboCup.


Lance 1: Jogador do Bahia2D inicia jogada pela esquerda.

Lance 2: Jogador do Bahia2D efetua cruzamento a partir da esquerda.

Lance 3: Jogador do Bahia2D marca o terceiro gol no jogo que terminou com placar de 5x2.

A equipe Bahia2D é desenvolvida pelos estudantes Bruno Silva (UNEB), Luciana (FIB) e Alexsandro(FIB) sob a orientação do prof. Marco Simões (UNEB).

O Bahia3D

O Bahia3D é o caçula dentre as equipes do BRT. Disputando a liga Futebol Simulado 3D pela primeira vez, obteve a qualificação para o mundial 2009. Nesta liga, são simulados robôs humanóides (com anatomia similar à de um ser humano, robôs com braços, pernas, tronco e cabeça). Além disto são consideradas as três dimensões do ambiente.

Esta liga passou a utilizar este modelo de robô humanóide há apenas 2 anos e, por este motivo, não é possível ainda ter um simulador que permita o uso de times com 11 robôs. Para a qualificação foram usados times de 3 robôs. Para a competição mundial, é possível que venham ser usados times com 4 ou 5 robôs.

Durante os dois primeiros anos (2007 e 2008) uma série de problemas técnicos no simulador do ambiente dificultaram o bom desenvolvimento dos jogos nesta liga. Mas neste momento, o ambiente está mais estável e, num esforço de apenas um mês, o Bahia3D foi desenvolvido. Para qualificar-se era necessário demonstrar as habilidades mínimas de jogo (correr, chutar, levantar ao cair, etc) durante uma partida de 5 minutos e descrever os projetos de pesquisa num artigo técnico.

O Bahia3D está entre as 28 equipes qualificadas para a RoboCup 2009 nesta modalidade. A figura a seguir demonstra uma das habilidades desenvolvidas pela equipe neste período de preparação: o chute de longa distância. Na imagem, o robô do Bahia3D detém a bola e analisa as chances de sucesso em chutar ao gol adversário desta posição. Esta nova habilidade aumentou a taxa de sucesso da equipes nos chutes a gol e foi uma das características que ajudaram na obtenção da qualificação.


Figura 2: Robô Humanóide do Bahia3D analisando as chances de gol ao chutar de longa distância.

A equipe Bahia3D é desenvolvida pelo estudante Adriano Veiga (UNEB) sob a orientação dos profs. Marco Simões (UNEB) e Josemar Souza (UNEB).

Outras possibilidades

O BRT ainda aguarda a confirmação da realização da liga Mixed Reality(Realidade Mista) da qual a equipe BahiaMR participou nos mundiais de 2007 e 2008. Além disto, a equipe BahiaMR é atual bicampeã brasileira e campeã latino americana desta modalidade.

Se confirmada a realização da mesma durante a RoboCup 2009, é possível que, pela primeira vez, o ACSO/UNEB dispute três categorias numa edição mundial da RoboCup.

Além desta expectativa, o grupo também aguarda o resultado do julgamento do RoboCup Symposium para o qual submeteu um artigo científico descrevendo os resultados das pesquisas com os robôs da realidade mista.